educamia.org tem uma seleção de cursos de linguas no exterior. Se você quiser aprender ingles, espanhol, italiano, alemão ou francês, nossa escola de cursos de línguas pode te ajudar a encontrar os melhores cursos. Para estudar no exterior, estude no Reino Unido, Irlanda, Inglaterra, Espanha, Estados Unidos, Canadá, Malta, Australia.

Cursos de inglês EUA, Escolas de inglês EUA


APRENDER INGLËS NOS EUA

Eles são adolescentes e adultos. Eles foram para os EUA para aprender inglês. Entrevistas.

“Eu fui para Alessandria perto de Washington” diz Marc Perrault. Ele escolheu o Eurocentre para organizar a sua estadia. “Eu queria mudar da Inglaterra”. Aos 33 anos, Marc trabalha para o exército no departamento de exportação. Ele gosta de treinamento. “Eu adoro aprender” diz ele. Ele pagou pela sua viagem de 2 semanas e foi durante suas férias. “ Eu escolhi um programa intensivo de inglês de negócios”, 25 horas de aula por semana num grupo de 10 à 12 estudantes. “O melhor é que os estudantes vêm do mundo inteiro” diz Marc. Ele escolheu ficar junto à uma família: “perfeito” diz ele. Meu nível de inglês melhorou drasticamente, graças aos cursos, a família e aos outros estudantes. Este ano Marc está indo à Londres. “Pra mim é essencial. Muitas pessoas se satisfazem com o seus níveis de inglês” conclui Marc.

 “Meus pais me ofereceram uma viagem. Eu escolhi os EUA.”



Benoit Delavault tem 17 anos. Ele escolheu a Flórida com o STS. “Foi minha primeira viagem para aprender uma língua” diz Benoit: “Meus pais me propuseram uma viagem. Eu escolhi os EUA. Eu não queria ir para a Inglaterra. As famílias que nos recebem não muito boas lá” explica ele. Ele hesitou entre a Califórnia e a Flórida. “ Eu escolhi a Flórida por causa das datas” explica ele. “ Eu fiquei numa excelente família, com uma filha e amigos da minha idade”. 2 aulas por semana em grupos de 15 alunos. “ Nós fazíamos jogos em inglês e revisões de regras gramaticais”. “O professor era americano, ajudado pelo professor de francês que veio com um grupo.

Uma atividade era organizada toda tarde às 17 horas”. “Nós fomos para o YMCA praticar esportes. Nós visitamos Disney World, Universal Studios e o See World” conta Benoit. “Os momentos que eu passei com minha família são minhas melhores lembranças!” Benoit fez progressos, e sobre tudo no inglês oral. “4 semanas é perfeito. No final, você não quer voltar para casa” conclui Benoit.

 “Quando você volta, você tem uma cabeça mais aberta e mais tolerância”.



Denis Ducamp tem 23 anos. “Um dia eu decidi partir. Assim. Sem pensar muito. Eu liguei para várias escolas e finalmente eu escolhi Humboldt State University,” diz ele. Humboldt é na Califórnia, à 500 km ao norte de São Francisco. “Entre as gigantes florestas de sequoia e o Oceâno Pacífico”, descreve ele. Denis ficou 6 meses com o equivalente à 5,500 euros. “É claro que eu queria melhorar meu inglês, mas eu também queria me testar.
No início você entra na 4a dimensão, o primeiro mês é dificil,” explica ele. “Eu vim para estudar”.

20 horas de aula por semana. Em dezembro, todo o grupo tinha feito o TOEFL para testar o nível de inglês. Denis tirou 517, um ótimo nível! Graças ao seu progresso, ele pode ir à Universidade onde escolheu fazer Ciência Política e Negócios Internacionais. “De volta à França, eu fiquei deprimido. Eu voltei para Humboldt um mês depois. Eu fui durante 8 semanas também. Hoje eu tenho 567 pontos no TOEFL !” Ele guardou dinheiro durante um ano para pagar a sua viagem! “ Eu adoro o estilo de vida americana. Tudo é mais fácil. Você tem menos stress” explica ele.

“Minha melhor lembrança é minha última noite. Todos os meus amigos estavam lá, até mesmo Don Andrews, o diretor do programa”, lembra ele. “Quando você volta, você tem uma cabeça mais aberta, mais tolerância, mais compreensão. Eu mudei completamente. Tudo começou com um dos professores me dizendo: Denis, abra a sua mente!” “Agora eu tento tirar o melhor de tudo. Valeu a pena fazer sacrifícios para esse tipo de experiência!!” conclui ele antes de sua nova viagem.

 “Eu tinha que melhorar o meu nível de inglês por causa do meu trabalho.”



Alexandra Berd tem 27 anos, ela trabalha no desenvolvimento da Euro-Disney. “Eu tinha que melhorar o meu nível de inglês por causa do meu trabalho. Eu escolhi Washington. Ela foi por 4 semanas em Julho. “Eu queria me hospedar com uma família. Eu fiquei numa ótima família, à 20 minutos de ônibus da escola.” 4 horas de aula por dia com 7 à 12 alunos em cada sala de aula. Havia uma maioria de estudantes asiáticos. Havia também uma biblioteca e uma vídeoteca. “Tem uma prova no início do curso para avaliar o nosso nível de inglês. Eu fiquei no 5 numa escala que vai até 9. Um nível médio. No final do meu curso eu estava no nível 6”, ela explica. Durante as tardes, Alexandra assiste à varios filmes. Nos finais de semana, ela viaja com sua família. “Eu fiquei 4 dias em New York. Eu me senti muito bem lá, os americanos são legais. Os EUA é um país mágico”, diz ela emocionada. “Eu fiz progresso, e sobre tudo na compreensão da língua. Eu gostaria de voltar ”, conclui Alexandra.
Editorial




 
 
Novidades
Herald Tribune
Time

Como chegar?
Delta Air Lines
United Airlines

Mais sobre...
Yahoo Regional USA

 
Para encontrar o curso certo entree m contato com as escolas seguintes ou entree m contato conosco no request@educamia.org. Nós te ajudaremos a encontrar o que é melhor para você, inclusive o representante da escola mais próxima.

  • CCLS, Miami
  • Eastern Washington University, Cheney
  • Educamia Los Angeles, Los Angeles
  • Educamia San Diego, San Diego
  • Global English Academy, New York
  • MESLS-Madison English as a Second Language School, Madison
  • PC TECH, New York
  • Philadelphia Language Center, Philadelphia
  • Portland English Language Academy, Portland
  • SpeakYourMind, Washington DC
  • Target International Student Center, Boston
  • University of Northern Iowa, CIEP, Cedar Falls
  • Virginia International University, Fairfax

    Fale conosco no request@educamia.org se você quiser ajuda para organizar sua viagem para o aprendizado de línguas.

  •